Você já notou que a cada dia aparecem no mercado novos fluidos refrigerantes?

Isso acontece porque prosseguem os esforços da indústria mundial do setor em busca de substâncias com baixo potencial de aquecimento global (GWP, na sigla em inglês).

Dentre as últimas novidades do gênero, estão as hidrofluorolefinas (HFOs), como o R-1234yf e o R-1234ze(E), que possuem GWP inferior a 1, ou seja, eles são menos nocivos ao clima do planeja que o dióxido de carbono, cujo GWP é igual a 1.

Enfim, as HFOs são uma nova gama de refrigerantes que prometem ser parte da solução para evitar o aumento da temperatura da Terra.

De acordo com especialistas, a estrutura química destas HFOs puras projetadas para substituir o hidrofluorcarbano (HFC) R-134a em novos equipamentos contém uma dupla ligação entre os átomos de carbono.

Por essa razão, as moléculas desta quarta geração de fluidos refrigerantes sintéticos têm vida curtíssima na atmosfera, uma característica que reduz, consideravelmente, seu impacto climático.

Molécula de HFO

Molécula de HFO não destrói a camada de ozônio e possui baixo potencial de aquecimento global (GWP); dupla ligação entre átomos de carbono reduz, consideravelmente, tempo de vida da substância na atmosfera

Ambos ainda possuem propriedades termodinâmicas similares às do HFC e estão classificados pela Ashrae como levemente inflamáveis (A2L).

Uma característica exclusiva do R-1234ze(E) é a inexistência de mistura inflamável com o ar abaixo de 30°C de temperatura ambiente. Por isso, este refrigerante não é inflamável quando manuseado ou armazenado.

Segundo a Honeywell, o R-1234ze(E) necessita de 10 vezes mais concentração e 250.000 mais energia do que hidrocarbonetos para se tornar inflamável, mas somente acima de 30°C.

Solstice ze

HFO-1234ze(E) possui GWP inferior a 1, ou seja, este fluido refrigerante fabricado pela Honeywell é menos nocivo ao clima do planeja que o dióxido de carbono, cujo GWP é igual a 1

No caso da ocorrência de uma chama com o R-1234ze(E), o efeito dela seria extremamente leve, uma vez que seu calor de combustão seria muito baixo, cinco vezes menor do que o do propano. Sua velocidade de queima ultrabaixa, portanto, não seria suficiente para propagar um incêndio.

O R-1234yf e o R-1234ze(E) também se tornaram componentes de substâncias alternativas aos fluidos de alto impacto climático utilizados atualmente em sistemas de refrigeração comercial, como o R-448A, que foi desenvolvido para substituir o HCFC-22 e o HFC-404A, e o R-450A, que foi desenvolvido para substituir o HFC-134a.

Inclusive, estas novas misturas de refrigerante já foram homologadas pelos principais fabricantes de compressores do mundo. Portanto, resultados assim colocam as HFOs no topo da lista dos fluidos alternativos e, certamente, novos produtos do gênero logo, logo devem fazer parte da nossa rotina. Vamos aguardar.

Gás refrigerante Solstice N40 (R-448A) fabricado pela Honeywell

R-448A, fluido refrigerante à base de HFO desenvolvido pela Honeywell e comercializado como Solstice N40, substitui R-22 e R-404A em sistemas de refrigeração comercial