Você sabia que neste sábado (7) se comemora o Dia Mundial da Saúde? E que nosso trabalho tem muito a ver com essa data, pois ao garantir a correta conservação dos alimentos e a boa climatização dos ambientes, os refrigeristas contribuem para uma população mais saudável?

Pois é, além de fazer isso quando realizamos boas instalações e reparos, podemos evitar que as pessoas fiquem doentes se dermos a elas algumas dicas sobre o uso do ar-condicionado.

Nem todo mundo conhece, por exemplo, a importância da limpeza periódica do filtro que todo aparelho split ou janela possui em seu interior para evitar a proliferação de fungos e bactérias.

Também é importante lembrar o cliente sobre a importância de uma higienização mais profunda pelo menos uma vez por ano, com a abertura das unidades interna e externa, serviço que apenas um profissional como nós pode fazer.

Mas existem outras providências simples que o próprio usuário pode tomar, se estiver bem orientado.

Caso tenha em casa pessoas alérgicas, que normalmente reagem à mudança repentina de temperatura, a dica é evitar sua permanência na direção do fluxo de ar, que pode ser desviado no próprio aparelho.

Já aos que gostam de dormir com o condicionador ligado, vale explicar a conveniência de usarem sempre a função “sleep”, pois os modelos que a possuem vão dosando o frio de acordo com a variação da temperatura corporal ao longo do sono. Na falta desse recurso, o negócio é regular a máquina manualmente para não gelar tanto durante a noite e a madrugada.

Em qualquer um dos casos, as janelas devem ser abertas ao amanhecer para renovar o ar do ambiente.

Um outro cuidado nem sempre tomado é a umidificação do local , pois o ar-condicionado pode provocar o ressecamento das vias respiratórias e causar desconforto aos usuários mais sensíveis. Esse problema é facilmente resolvido com a instalação de um aparelho umidificador, juntamente com o desenvolvimento do hábito de hidratar bastante o corpo, bebendo água.

Pronto, agora você já sabe como nós, refrigeristas, podemos ajudar na saúde das pessoas, não só durante a realização do nosso trabalho técnico, mas também ao divulgar informações úteis para o seu dia a dia sobre os aparelhos e suas funcionalidades.