Um vídeo animado é a mais nova ferramenta utilizada pelo Ministério do Meio Ambiente e a agência alemã GIZ para divulgar as boas práticas na manutenção dos sistemas de refrigeração e ar condicionado.

Nele, um colega nosso explica para a sua cliente a importância de serem evitados vazamentos de R-22 durante a manutenção dos aparelhos, para não causar prejuízos à camada de ozônio e o agravamento do efeito estufa.

Em pouco mais de seis minutos, a produção também fala do Protocolo de Montreal, que acaba de completar 30 anos, e mostra como o Brasil está participando desse grande processo, ao lado de quase 200 países.

Vale a pena dar uma conferida nesta produção:

Qualificação profissional

E por falar neste assunto, você já está sabendo sobre os cursos do Programa Brasileiro de Eliminação dos HCFCs (PBH)?

Em sua segunda etapa, foi estabelecida a meta de treinar mais de nove mil técnicos Brasil afora, para que todos possam fazer a coisa certa neste campo, protegendo o meio ambiente e evitando prejuízos estimados em R$ 500 milhões anuais com as emissões dessas substâncias.

Por isso, a programação também inclui cursos sobre como aplicar com segurança e eficiência os fluidos alternativos de baixo potencial de aquecimento global (GWP, em inglês).

Segundo o PBH, todos os alunos também receberão uma régua técnica, que fornece, de forma fácil, informações sobre fluidos frigoríficos (Celsius/Fahrenheit e bar/psi).

Os cursos começaram a ser realizados no fim de novembro e prosseguirão até 2020 em escolas parceiras nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Mato Grosso, Goiás, Amazonas, Rondônia, Maranhão, Bahia, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná.

As primeiras turmas já estão sendo treinadas na escola Senai “Oscar Rodrigues Alves”, em São Paulo.

Para saber mais sobre esses cursos, fique atento às informações divulgadas no site do PBH.