Dia Mundial da Refrigeração, um convite para se relembrar o nosso papel

Refrigeristas têm grande responsabilidade no progresso do HVAC-R

Você já parou para pensar sobre a importância do nosso trabalho para a sociedade? No último dia 26 de junho, comemoramos, pela segunda vez, o Dia Mundial da Refrigeração, uma data conquistada pelo setor para lembrar e conscientizar as pessoas sobre o papel fundamental de todos que nele trabalham e das tecnologias colocadas a serviço da vida moderna.

Avanços científicos deram nova dinâmica à vida em sociedade e eles não seriam possíveis sem o domínio do processo de refrigeração. Apesar de muitos métodos serem conhecidos desde o século 18, o sistema que daria origem à geladeira e ao ar-condicionado foi criado pelo médico americano John Gorrie, em 1850.

Podemos dizer, sem medo de errar, que as tecnologias utilizadas em nossa rotina de trabalho são grades invenções da humanidade, pois transformaram a maneira como consumimos e comercializamos alimentos, revolucionaram a nutrição dos seres vivos, trouxeram impactos imensamente positivos para a medicina e alteraram a dinâmica da economia, inclusive com a criação de muitos empregos e novas empresas, como ocorre em nossa área.  

Números para saber

Já ouviu falar da cadeia do frio pela vida? O termo foi criado para nomear uma série de iniciativas, equipamentos e tecnologias cujo objetivo é manter produtos em condições adequadas de temperatura, desde a sua colheita ou produção até a ponta final da cadeia, que é o consumo. 

Neste conceito se incluem agricultura, pesca, processamento de alimentos, cosméticos, medicamentos e vacinas. Ou seja, ele trata de dois pilares para a vida: nutrição e saúde.

Para você ter uma ideia, hoje existem mais de 800 milhões de pessoas subnutridas no mundo. Ocorre que metade de todos os alimentos devem ser conservados a baixa temperatura, entretanto, apenas 25% são conservados adequadamente. Um dos grandes propósitos da cadeia do frio é, justamente, eliminar a perda e o desperdício e, com esse objetivo cumprido, é possível alimentar até 950 milhões de pessoas ao redor do mundo.

Os números da área da saúde são tão grandiosos quanto os da alimentação: 50% dos medicamentos devem ser armazenados e transportados sob temperaturas controladas e 40% das vacinas no mundo são inutilizadas devido à falta de uma cadeia confiável em muitos países.

Traduzindo em miúdos: a refrigeração tem um papel vital para a qualidade de vida dos seres humanos hoje, porém, ainda há um grande potencial para crescimento e para ser explorado. A cadeia do frio reduz a fome e prolonga a vida, já salvou muitas pessoas e deve salvar milhões de outras.

Que fique registrado ainda que os benefícios da refrigeração extrapolam essas áreas, atingindo praticamente todas as demais, já que é um processo fundamental para computadores, inteligências e tecnologias sensíveis ao calor, que necessitam de climatização e refrigeração para funcionar plenamente.

Por tudo isso, ao celebrar o Dia Mundial da Refrigeração, devemos também nos orgulhar do nosso trabalho, que tão bem faz para toda a sociedade. Parabéns a todos nós, refrigeristas! 

Comente